QUE VER E FAZER EM ROMA

O melhor de Roma.

Rome
Roma

Esta vez chego a uma cidade da Itália sem o carro. Os recordos que tenho de conduzir por este país não são nada bons. Esta vez vou sentado na primeira fila do autocarro que nos traz do aeroporto e posso ver o trânsito sem participar nele. Vejo como o motorista dá mil buzinaços enquanto fala pelo telemóvel, e como discutem um condutor de um carro com outro de uma mota que quase chocam. Um turista que vai perto de mi diz-me: It’s Italy!

E certo que Roma não é um lugar para o transporte privado, mas sim é um sítio estupendo para passear…e sobretudo para ver o melhor da história do império romano e do Renascimento. Porque neste senso Roma está cheio das melhores pegadas destas épocas

 

San Angelo Castle
O Castelo de San Angelo

O mais destacado dos restos romanos são o Fórum e o Coliseu, que estão tão perto um do outro que de facto para a entrada usa-se o mesmo bilhete. No primeiro deles pode-se ver os restos do que era o centro da antigua cidade, como vários edifícios, templos, arcos,…assim como as residências imperiais e o estádio no Monte Palatino contiguo ao Fórum. E do Coliseu que vou dizer: o grande anfiteatro romano com um aforo de umas 50000 pessoas, uma espectacular obra de engenharia de 2000 anos de antigüedade.

 

Colosseo
Coliseu

Perto do Fórum e Coliseu também estão os restos dos Fórum Imperiais e do Mercado de Trajano, assim como a formosa Coluna de Trajano. Com um pouco de imaginação, aqui é singelo retroceder no tempo.

Mas não todos os restos romanos da cidade estão perto do Coliseu. A não muita distância estão as Termas de Caracala e o Templo de Vesta, e na parte mais céntrica da cidade o impressionante Panteão, de visita obrigada (e gratuita), sobre tudo para contemplar a cúpula desde o interior.

 

Trajan's Market
Mercado de Trajano
Trajan's Column
Coluna de Trajano
Pedra da Verdade
Pedra da Verdade

Mas a grande época dourada de Roma não foi só durante o Império Romano, também foi o Renascimento. O melhor lugar de ver pegadas desta época, e da idade noderna, é fazer uma visita até a Cidade do Vaticano e as fontes da cidade.

 

Saint Peter's Square
Praça de Sao Pedro

Cidade do Vaticano é um estado de menos de médio quilómetro quadrado situado na parte oeste de Roma, atravessando o Rio Tiber, mas a um passo do centro. Ali hai que visitar os Museus Vaticanos, com a impressionante Capela Sistina, e a Basílica e Praça de São Pedro. Recomendo também subir até a cúpula da Basílica (sempre que não se padeça de claustrofobia, nem medo às alturas e não importe subir uns quantos centos de escadas) para assim gozar de umas fabulosas vistas de Roma.

 

Views from the Dome of Saint Peter's Basilica
Roma desde a cúpula da Basílica de Sao Pedro

E depois de ver ruinas e museus há que passear. Caminhar muito pelo centro e descobrir as impressionantes Praças como Nabona, Spagna, Popolo, …. ou a famosa Fontana di Trevi.

 

Nabona Square
Piazza Nabona
Fontana di Trevi
Fontana di Trevi

Esto é o imprescindível de Roma: Restos romanos, o Vaticano, as praças e as fontes… Mas esta é uma cidade com tanta história que em qualquer parte da mesma podem-se encontrar lugares interessantes, como o Museu Borghese, as Catacumbas, ou o Bairro do Trastévere e muitos mais. Também pode ser interessante uma pequena excursión até as ruinas de Ostia Antica, para ver a cidade anexa ao porto da antiga Roma. Tudo depende do tempo e a vontade de ver mais história.

 

Ostia Antica
Ostia Antica

E para rematar, repito o conselho que dou sempre aos interessados em viajar a qualquer destino, e que eu acho que é imprescindível para conhecer bem os sítios a onde se viaja,: Depois de ver todos os lugares de interesse, misturarse com os romanos nos seus bares, restaurantes, etc… que se podem reconhecer perfeitamente porque não há quase turistas neles. São melhores e mais baratos, e além disso é menos provável que te enganhem ao cobrar, algo que lamentavelmente é bastante comum na Itália.

 

Popolo Square
Piazza di Popolo

Se queres mais informação, comentar qualquer coisa ou algum erro na minha tradução, podes escrever um comentário ou um correio a cabonorte2009@hotmail.es

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *